Sunday, September 25, 2005

Cafezinho


O verdadeiro café italiano - aquele que se toma em casa - ainda é preparado com a moka. Descobrimos quando chegamos aqui e hoje ela é insubstituível.
E você, que café prepara em casa?
E mais: você usa filtro descartável ou costuma lavá-lo com sabão?

Ciao

PS - A foto foi descaradamente copiada da Segafredo.

15 comments:

Manoel Carlos said...

É a primeira vez que vejo uma foto aqui; ao vê-la, quase larguei tudo e fui fazer um café, numa cafeteira igual a esta, que não tem filtro descartável.

Lucia Malla said...

Infelizmente nao tenho minha moka. Uma lastima, para uma viciada em cafeh como eu sou - tomo mais de 5 xicaras por dia, facilmente.
Meu cafeh (bem forte sempre) eu faco com filtro descartavel, poh brasileiro. Tomo soh cafeh preto.
Alias, depois desse post, vou jah passar meu cafeh tbm.

Viva said...

Não sei qual o tipo de café que tomo. É o encontrado qui no Brasil nos supermercados. Pode fazer propaganda? Em casa só compro o Pilão. Faço na proporção de 250ml de água para 1 colher de sopa cheia de pó. Em filtro de tecido sintético. Na rua só tomo expresso. Não sou viciada mas não posso sentir o cheirinho...hmmmm...que dálogo água na boca.

Anonymous said...

Pois é, alan, é uma coisa vergonhosa.. nós, brasileiros, donos da tal terra roxa que tanto era importante nos meus livros escolares da infância, nada desenvolvemos sobre o café. Deixamos tudo pra Itália, como o Melita..
Sou mUderna.. filtro de papel e cafeteira elétrica. Mas, em breve, morando no mato (sem internet ou telefone) usarei, certamente, o café da região das montanhas de Minas, café Mãe de Ouro !
Angela

AnaBettaBlue said...

a cafeteira aqui de casa não precisa de filtro, mas não é Moka... quem sabe, quando eu chegar por aí, também não vou ter a minha? :)

que bom que estás me acompanhando na minha nova cybermorada. legal ter amigos por perto!

um beijo!

Flavio Prada said...

O Zanetti não tá te pagando nada mesmo? Aqui a gente toma café de todas as formas possíveis, coado, sem coar, solúvel, insolúvel, doce, amargo. O bom é variar.

Sandra said...

Eiii.. faço café numa dessas todas as manhãs.. com nosso pozinho mesmo, o mesmo da Viva..

mauro m said...

Seja a moka , filtro descartável ou o velho coador de pano o "x' da questão é o " pó de café " . Aí dançamos. Exporta-se o bom para a Itália e ficamos com o ruim . Só agora aparecem no mercado os bons cafés , porém a preços europeus, de 10 a 15 euros o kilo . E claro, já temos por aqui o Illy , Segafreddo ... vai e volta .

maray said...

Fumei por 30 anos. Parei com o cigarro mas não parei com o café, o que prova que meu vício é o café! Meu filho, sabedor desse vício, deu-me uma máquina de café expresso, que faz dois de cada vez. Então, eu compro o grão (o que me permite ver a origem e não tomar café de milho, de palha ou sabe-se lá de qual outra meleca eles ponham)e môo na hora, junto com um pauzinho ou dois de canela. Fica um tesão!

Pantera said...

Ah, eu sou muitíssimo cuidadosa com o café que eu tomo. Com mãe italiana a gente aprende a tomar café desde cedo e não qualquer café... Tem que ser aquele beeeem forte, especial. Eu na minha casa tenho a cafeteirinha italiana mesmo e na Espanha compro o café brasileiro que é indiscutivelmente melhor.

Juliano said...

Hhhummm...
Com 50g de café solúvel, duas xícaras de chá de açúcar refinado e uma xícara de chá de água fria, batendo todos os ingredientes por uns 10 minutos até ficar bbbbeeemmmm cremoso, mostro todos os meus dotes culinários (de uma receita só, ressalta-se). Pena que, antes de experimentar, a 'Sra. Juliano' percebe a bagunça da cozinha - e me manda às favas.
Abraços.

Sandra said...

p.s. Tô triste... você não vem mais me visitar....

sssssssnnnnnnnnniiiffffffff

Roberta Febran said...

Eu ODEIO café, até o cheiro me enoja!!!

Anonymous said...

Hey, you have a great blog here! I'm definitely going to bookmark you!

I have a christmas gift site/blog. It pretty much covers gift ideas for christmas related stuff.

Come and check it out if you get time :-)

itamar said...

Nesse interessante diálogo sobre café, foi citado o café mãe do ouro das montanhas de minas. Tenho um sítio no alto da serra do espinhaço. Planto e faço o beneficiamento total de um café que se chama café mãe do ouro, o mesmo nome do sítio. Será alguma coincidência?