Tuesday, June 08, 2010

Copa eleitoral

Mais uma vez coincide uma copa do mundo de futebol com um ano eleitoral brasileiro. Às vezes acho que é tudo decidido pelos cartolas e que a nós, torcedores eleitores, só é permitido perceber aquilo que os patrocinadores desejam que seja percebido. A sensação de marmelada na final da Copa de 1998 ainda não passou, mas a avalanche de mutretas envolvendo anões, CPIs fajutas, caçadores virando caça, dossiês e demais escândalos políticos são como o Carnaval. Alegoria demais para lembrar de tudo, produzidas para fazer esquecer rápido a catástrofe anterior, que passa a fazer parte da normalidade.

Morando fora do país, só posso votar para presidente. Em quem não votar já decidi, o difícil mesmo é descobrir em quem votar, pois essa história de votar no menos pior já cansou. Seleção e listas de candidatos deveriam ser escolhidas pelo povão. Perna-de-pau e desconhecido? Fora! Nada de aproveitadores ou indicados pelos patrocinadores. Utopia, eu sei. Mas sou sonhador e continuo votando em quem tem propostas que julgo necessárias. Meu candidato a vereador local jamais foi eleito, mas eu não mudo. Foi ele quem convenceu o prefeito a adotar as rotatórias no lugar dos semáforos, o que economiza combustível e poluição. Também foi o movimento dele a brigar com a prefeitura quando esta decidiu pintar umas faixas vermelhas no asfalto para chamar de ciclovias. Hoje as ciclovias são separadas da calçada e da rua por meios-fios e são sinalizadas. Toda e qualquer manifestação em defesa do ambiente e da melhoria da qualidade de vida dos cidadãos contam com a sua colaboração e organização. Os caciques locais fingem ignorá-lo mas todos o temem, apesar do seu caráter afável e conciliador.

Se você ainda não decidiu em quem votar, procure lembrar em quem votou nas últimas eleições e confira o curriculum dos demais candidatos. Registre as propostas que lhe agradam para controlar se o candidato for eleito. Não existe “voto útil”. Vamos torcer pela a nossa seleção e lembrar que quem for eleito vai governar a nossa vida pelos próximos anos (à exceção da Itália, onde nenhum governo conseguiu cumprir o mandato desde 1994). Portanto, nada de torcer para candidato. Vote em quem você acredita ter propostas que podem melhorar a qualidade de vida da coletividade. E não dê ouvidos a essa balela de que o candidato deve ter experiência administrativa. Apesar do presidente Lula nunca ter sidoi administrador de nada ele é considerado na Europa como um modelo a ser seguido.

Mas talvez a sua atenção neste momento esteja mais voltada à Copa do Mundo de Futebol, às críticas ao Dunga e à quantidade de cerveja gelada necessária a cada partida, considerando que a seleção chegará e ganhará a final. E se for esse o desfecho do campeonato, os políticos vão aproveitar a euforia do povão nas urnas, iludindo-nos a torcer pelo candidato que o marqueteiro mor irá comparar com o craque do mundial. Tudo bem, eu continuo torcendo como um louco. E votando consciente.

17 comments:

myra said...

oi, Allan, eu nao entendo nada de futebol, mas gosto muito como e que escreve, e aqui vai um abraço!

Juliana Rossa said...

Allan, ótima reflexão e dicas de voto consciente!
Ontem eu escrevi um post sobre Copa do Mundo. Assim como vc, estou cansada dos problemas políticos que temos. Mas desta vez relaxei e resolvi celebrar o nosso amado futebol.
Uma boa Copa do Mundo para nós (assim como a eleição)!
Beijos!!!

Borboletas nos Olhos said...

Um post inteligente e inspirador (aliás, muito mais inspirador do que essa seleção burocrática do Dunga).

Milton Ribeiro said...

Excelente post. Só que está muito frio no Sul. Vinho é melhor.

Abraço.

:¬)))

Meire said...

Bom dia Allan!
Muito bem falado, se o povo entendesse de politica igual entende de futebol estariamos melhor servidos.
Eu nao transferi meu titulo, continuo ha 10 anos justificando e tambem nao voto na Italia continuo esperando a resposta para a mkinha "domanda" de cidadania.
bjs

myra said...

obrigada, pelo comentario "pour Tamara", ela è minha neta!!!
abraço,

José Sousa said...

Fiquei deslumbrado não só com seu blog, como também pelas suas postages, maravilha!!!
Conheça os meus em:
www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com

Um abração do tamanho do mundo.

Lili Detoni said...

Oi, Allan!!! Já estava com saudades de suas postagens! É isso mesmo, amigo... seleção para a Copa e seleção para nossa consciência eleitoral! Abraços! Lili.

dawidson said...
This comment has been removed by the author.
dawidson said...

Ai...ai...
Lula ser considerado um modelo a ser seguido...nossa !

A unica coisa que ele fez bem, foi manter a politica econômica do anterior Governo, e renomear politicas sociais dos governos anteriores, lhes dando roupagem de nova: "Bolsa familia"; (antiga Bolsa Escola)..."Luz para Todos", (antiga "Luz no Campo")...etc.

Mas, Copa em ano de Eleição não é mera casualidade.
Só em ano de Copa, para uma candidata que diz, em Copenhagen, discutindo Meio Ambiente que: "O meio Ambiente é, sem duvida nenhuma,uma ameaça ao desenvolvimento sustentável e isso significa que é uma ameaça para o futuro do planeta e dos nossos paises", ter alguma chance.

Sissym said...

Olá, meu amigo, obrigada pela visita! Beijocas

denise rangel said...

Allan, sempre evitei discutir política e não gosto de futebol, mas isto não impede de eu me manter informada sobre os candidatos e seus currículos. Já que não podemos escolher os candidatos, pelo menos, que votemos com consciencia. Tarefa difícil.
abraço, garoto

Ágatha Alves said...

Pois é Allan temos que avaliar bem, eu voto pela primeira vez esse ano e peguei bem quando tem que votar para presidente, eu ainda não sei em quem votar, vou analisar bem e como vc disse ver a propostas que para mim são necessárias.
MAs esse mes ninguém quer saber de nada é só futebol mesmo, mas assim que isso passar, começará a passar aquelas propagandas eleitorais que eu morro de ri, tem uns que se candidata só para se aparecer ou sei lá o que.
Eu vou avaliar bem apra que ao menos a primeira votação da minha vida ser a certa pra mim.

Ah eu ando lendo algumas frases da Clarice Lispector, vou comprar o livro dela, ele é uma genia não é mesmno.

beijão

Adelina said...

Concordo, Allan!!! O cenário eh o mesmo, mudam alguns figurantes, mas o teatro continua... Fora uns personagens secundários que ainda não forma contaminados pela fama, está difícil a escolha para essa eleição.... Entra um sai outro e as falcatruas continuam... o povo...ah o povo está preocupado com o hexa...rsss.

Georgia said...

Xiiiiiiiiii, tá ai um ssunto que nao gosto: Política. Acho inadimissível nós que nao vivemos no Brsil termos que votar. Outr coisa que acho absurda é o voto obrigatório. Eu só vou acahr que o Brasil tá melhorando de verdade quando o voto for livre.

Infelizmente no Brasil se enetende mais de futebol que qqr outra coisa.

Boa semana

Manoel Carlos said...

Também já decidi em quem não votar no primeiro turno. Eles promovem Lúcifer e Satanás como alternativas e garantem que o Inferno vença sempre.
Há uma canção, popularizada por Jackson do Pandeiro em 1966, que diz "... a Inglaterra organizou a Copa do Mundo, mas a copa já era dela..."
Manoel Carlos

Anonymous said...

intiresno muito, obrigado