Saturday, January 24, 2009

Rocca di Borgonovo




















A placa informa que o prédio foi construído em 1196 pela prefeitura de Piacenza e elenca os proprietários. Hoje é de propriedade da prefeitura de Borgonovo Valtidone. Existem diversas localidades denominadas "Borgo Novo". O que as diferencia é a indicação geográfica, no caso, "Valtidone", que indica que o vilarejo é no vale do riacho Tidone.


Rocca: construção fortificada que servia como habitação de alguém importante ou, como neste caso, da tropa militar que patrulhava a cidade.




















Muito comum os monumentos comemorativos em frente a prédios públicos. Tratam-se de homenagens aos soldados locais, mortos nas duas grandes guerras.
























Uma das funções das funções dos prédios públicos era demonstrar o poder do governo. Outra, era a de informar de modo oficial: às suas portas vinham fixados os comunicados oficiais. Até hoje os moradores acertam o próprio relógio pelo relógio da rocca.




















...Estamos sempre vigilantes.





















A rocca fica no centro do vilarejo com um imenso pátio que a circunda. Uma pequena parte do pátio foi transformada em estacionamento. Um bar e um restaurante - onde comi um risoto delicioso - e a escola nos fundos, do outro lado da rua, são os únicos locais com algum movimento, além dos carros que passam indiferentes.

Uma pequena parte do prédio abriga um escritório de informações turísticas com uma funcionária e dois policiais sempre vigilantes. Restaurar e manter o prédio custa uma fortuna. Frio no inverno mas fresco no verão. Como este, existem milhares. As pessoas nem reapram ou se dão conta de conviver lado a lado com a história. Se não fosse no centro da cidade, provavelmente teria virado ruína.

[Finalmente um dia de sol!]

6 comments:

Dochele Della Silva said...

Gostei do que eu li e tomei a liberdade de 'anunciá-lo' no meu blog.
Um abraço forte. Té mais.

luzdeluma said...

Se não fosse no centro da cidade, iriam acertar as horas onde? :=))) Bom fim de semana! Beijus

Roseane, said...

Ah a Itália...sempre cheia de redescobertas e com muita história para contar. Bom final de semana.
Ah taperebá é o mesmo que cajá, você já deve ter escutado isso né?

Manoel Carlos said...

Alan, chega a ser irônico, minha postagem de hoje é sobre o, para nós, vetusto Theatro Municipal, um centenário. Você apresenta estas maravilhas, para nós, "arqueológicas".
Manoel Carlos

Georgia said...

Pois é, para alguma coisa esse prédio ainda está servindo.

Boa semana

A menina que roubava idéias said...

Meus filhos estudam em uma escola bicultural e sao alfabetizados em italiano, adesso eu sei onde vou achar algumas fotinhas originais para os trabalhos de geografia.

Volto com calma para apreciar tudo. beijos.