Monday, October 24, 2005

Cafezinho III

Caros e Caras,
Paz e saúde!
Numa lição sobre Qualidade Total, Vicente Falconi Campos, o papa da qualidade no Brasil, ensinava como fazer café. Era a aplicação do programa no próprio cotidiano: padronizou o modo de fazer o café que oferece às suas visitas. Pois bem, no caso do café italiano feito com a moka, alguns cuidados devem ser tomados para que o café fique gostoso. Eis as dicas.
1) A qualidade dos produtos: escolha um bom café. Se possível, moído na hora.
2) A água também é fundamental. Aquela de torneira pode servir, se não for muito rica em minerais e tratada adequadamente. Na Itália usa-se água mineral: a da torneira contém muito calcário, o que influi negativamente no sabor do café. Encha a base com água até a válvula de segurança (é uma pequena panela de pressão). Não tente adiantar o processo: use água fria. A paciência é um ingrediente fundamental para um bom café.
3) Coloque a cuba dentro da base com água.

4) Coloque o café dentro da cuba, sem usar a colher para apertar o . Faça um pequeno monte e deixe que a parte superior da cafeteira se ocupe de ajeitar o café na cuba. Com pouco a água passa muito depressa e não produz um café saboroso; com muito, o se compacta e impede uma perfeita circulação da água, vazando pela lateral antes de passar pelo filtro interno.
5) Feche bem a cafeteira para evitar vazamentos. Caso aconteça de vazar café pela lateral, não abra a cafeteira pois a pressão poderá provocar um acidente. Coloque a moka embaixo da água fria e deixe perder a pressão antes de lavar e recomeçar toda a operação (bem-feito! quem mandou usar água quente).
6) A chama deve ser pequena. Não deve ter um diâmetro superior à base da cafeteira, ou o fogo queimará o , tornando o café amargo. Na Itália os fogões vêm equipados com uma boca pequena apropriada para o café. Fogo alto irá fazer com que a água passe muito rápido pelo , resultando num café de má qualidade. Paciência
7) A tampa da cafeteira deve permanecer aberta para evitar que os gases produzidos prejudiquem o sabor final. Por medida de segurança, deixe a tampa fechada nas primeiras vezes. Com o tempo poderá decidir se abri-la ou não.
8) O café subirá lentamente, proporcionando um perfume e ruído característicos.
9) Antes de servir, mexa o café dentro da cafeteira. No fundo há o café produzido no início, mais denso; no alto, um café mais líquido mas não menos importante, pois contém as substâncias liberadas por toda a passagem da água.
10) Lave imediatamente a cafeteira. Todos os produtores de café e de cafeteira recomendam não usar detergente para a limpeza, mas somente abundante água corrente (determinação vista com muita desconfiança e solenemente desrespeitada por um povo maníaco por limpeza como o brasileiro).
11) Guarde o café restante na porta da geladeira (local menos frio, mas igualmente capaz de preservar todos os aromas e sabores do produto) dentro da própria embalagem. Mas antes, providencie o fechamento hermético da embalagem.
12) O Ministério da Saúde adverte: Fumar faz um mal danado, mas depois de um bom café é indispensável.
Ciao.

-------------------
PS:
1) Dois leitores reclamaram do passo 7. O Bruno viu o café espirrar por toda a cozinha; uma leitora anônima chegou a ter queimaduras. Antes de fazer o café com a moka, certifique-se de não ter enchido demais a cuba da água - lembre-se: é uma panela de pressão; e que o fogo não ultrapasse o diâmetro da base da moka. Peço desculpas pelos acidentes e prometo que um dia farei um vídeo mostrando todos os passos;
2)  Ao usar uma cafeteira nova, descarte os seis primeiros cafés para eliminar óleos e outras substâncias protetivas. Ou o café será intragável.
3)  Há alguns anos uso cafeteira de aço inox para evitar a contaminação do alumínio;
4) Se você, como eu, lava a cafeteira com sabão após cada uso, enxague muito bem. Mas muito bem mesmo, ou os resíduos do sabão irão interferir no sabor do café;
5) Este é o post que mais atrai leitores a esse blog. Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, deixe um comentário que eu responderei. Se preferir, use o e-mail allanrpjARROBAgmail.com.

100 comments:

Anonymous said...

Acredito que o uso de cafeteira de ALUMÍNIO seja não menos prejudicial à saúde que o cigarro.

José Luiz C. Fernandes
Niterói, RJ

Brasiliano said...

temos potes iguais para cafè e açucar, jà leu a historia escrita sobre os marinheiros atràs dos potes? Mas nao troco minha maquina de cafè expresso por nenhuma moka.

Milton said...

Mas não é só ir ali na esquina pedir um expresso? É o que faço.

(E acho que o pessoal da loja de conveniência, onde tomo o meu, não chega a ser maníaco por limpeza...)

Abraço.

Sandra said...

aaaaaaaaahhhhh, Allan. Que texto gostoso (literal, virtual, visual) de ler!!!! E concordo com o cigarro, após!!!

Te adoro!!!

Beijão

marcelo said...

Concordo em 100% com relacao ao cafe, mas, com relacao ao cigarro, devo manter-me em silencio, por obvias questoes (afinal de contas, sou um pneumologista) e para nao me indispor com o autor...

abraco

maray said...

Charuto, Allan? Ao ar livre, espero...

Denise Arcoverde said...

Apesar de não engolir o tal do café, AMEI as fotos :) bjs!

D. Afonso XX, o Chato said...

Deu até vontade de gostar de café. Pena que o chimarrão é insubstituível, heheh abs

Manoel Carlos said...

Eu sou não-fumante; descobri por que, às vezes, quando não sou eu a fazer, o café fica amargo, eu sou paciente e faço em fogo brando; não guardo o pó em geladeira, não dura tanto a ponto de perder os atributos; em idas e vindas, perdi minha máquina de café expresso, e meu moedor de café, mas a cafeteira italiana dá pro gasto.
No supermercado Zona Sul, do Leblon, o café expresso, gratuito, pode ser mentolado, sempre com o grão moído na hora da feitura.

I said...

Amigo, sou louca por café e tenho uma colecção de mokas : para duas, seis e doze chávenas. Todos os dias, logo quando me levanto e antes de acordar os meus filhos para os arranjar para irem para a escola, faço a minha cafeteira de seis chávenas e bebo-a...as primeiras chávenas "pingadas" com leite, as subsequentes já a solo. E assim "arrebito" para mais um dia de aventuras e emoções ou falta delas! Mas com o seu artigo aprendi uma coisa e vou amanha experimentar: deixar a tampa da moka aberta...nunca tal me tinha ocorrido! um beijinho

golb said...

Dicas preciosas, Allan! Eu sempre deixava a cafeteira no fogo com a tampa fechada. Agora aprendi: fogo baixo e tampa aberta. []s

madureira said...

Ah, dom Allan... serás o causador da minha insônia. Vou ter que tomar café agora, plena uma da manhã. Até hoje sempre falei que só sabia fazer ovos mexidos e café. Pois é, eu só sabia ovos mexidos. Esse blog é de utilidade pública! Abratz!

Iza Firewall said...
This comment has been removed by the author.
ťhıągo said...
This comment has been removed by the author.
Henrique said...

Eu estou fazendo o meu com o fogo sempre no mínimo, mas a água sobe rápido demais e o café não fica quente como deveria...

Mais pó não deve ser a solução, já que o gosto está saindo bem... o que posso fazer? fechar a cafeteira e deixar curtir lá por mais uns 5 minutos?

Allan Robert P. J. said...

Henrique,

O fogo deve ter o diâmetro do fundo da moka; na cafeteira, o café não sobe em uma velocidade constante, sendo mais lento no início e mais rápido à medida que o calor aumenta a evaporação. Mas tudo isso não chega a demorar - é meio rápido mesmo; a temperatura jamais será igual a de um café expresso, no bar (onde as xícaras também estarão quentes) pois a máquina do bar é regulada com uma temperatura maior que o fogo da cozinha; deixar a moka seca no fogo irá fazer com que o pó de café queime, provocando cheiro ruim e contaminando o café.

Conclusão: regule o fogo, acostume-se com a temperatura e, vez por outra, tome um expresso no bar.

Ciao
:)

Anonymous said...

Bah cara como se diz desculpa de peidoreiro e bariga cheia! Desculpa de fumante é nao aguentar deixar de fumar depois do cafe ! Abraso ;D

Anonymous said...

Olá Allan !!!

Gostei muito do seu post, mas tenho uma observação sobre o passo nr. 7. La você fala para fervermos o café com a tampa da Moka aberta para que os gases indesejados sejam liberados e fiz o teste para ver no que dava e.... .... SUJEIRA !!!! rsrsrsrs. A Moka começou a coar o café normalmente, mas no final começou a jorrar espuma de café para todos os lados....

Um grande abraço.
Bruno BP

Aureliano said...

Eu segui estes passos, mas acho que minha moka veio com problemas. Tentei fazer várias vezes, fogo baixo, mas o pó queima e o café não sobe. A água evapora e nada de passar o café. E fica um cheio de café queimado.

Aureliano said...

Muito obrigado pelas dicas. Vou comprar outro tipo de café e tentarei, fiquei realmente decepcionado ao não conseguir fazer meu café. Você sugere alguma marca, dessas comuns de serem encontradas em supermercados?
Obrigado

Bráulio said...

Excelente o post, agora só uma dica de português: o correto é café ESPRESSO (com "S"), e não EXPRESSO (com "X"). A palavra "espresso" quer dizer "sob pressão", que é a forma como o café é preparado. Como o próprio Allan frisou, um bom café espresso nada tem a ver com rapidez, devendo ser preparado e apreciado com paciência. Abraços!

Bráulio said...

hehe, acabei de postar um comentário com uma dica de português, dizendo a forma correta de se escrever "café expresso". No entanto, resolvi pesquisar por aí, e descobri que o ESPRESSO (com "S") é escrito assim na Itália, mas que em português o correto seria mesmo com "X". Assim, peço desculpa aos participantes deste blog pela minha precipitada intromissão. Abraços!

juliane said...

Estou tendo problemas com a cafeteira do escritório onde trabalho... É uma cafeteira italiana elétrica (Bialetti Moka Easy). O que acontece é que 'não sobe' toda a água. Coloco a água mineral na medida (até o início da válvula), café também na medida, mas somente uma pequena parte da água sobe, fazendo o café. Alguém tem uma dica que possa me ajudar? Grata! Juliane
juliane_ulrich@hotmail.com

Anonymous said...

Muito bom o post!
Parabéns!
Mas seria bom refletir em relação ao cigarro. Que tal um chocolate?

Anonymous said...

Hoje fui seguir seu passo a passo pois nunca havia usado esta cafeteira e o resultado foi UMA QUEIMADURA NO COLO PERTO DO SEIO E NO BRAÇO ESQUERDO.
Corri a emergência e estou aqui, cheia de curativos, acho que deveria trocar o post do item 7. E sorte do Bruno que comentou aqui mesmo lá em cima que sujou a cozinha, pois além de cagar toda a cozinha me queimei. E o mais grave é que ainda amamento e estou impossibilitada de fazê-lo. A pressão feita pela água fervendo faz o café jorrar e com isso me queimei.
Pior que confiei e segui a risca o que escreveu aqui.
Complicado.

Izabel said...

Excelente seu texto; deu uma vontade danada de tomar um belo cafézinho.

Adorei suas dicas, não sabia do fogo baixo nem muito menos sobre a tampa aberta.

Minha cafeteira infelizmente é de alumínio, estou tentada a sair à procura de uma feita em Inox.

Parabens por seu blog.

Anonymous said...

Adorei! eu estava precisando desses passos! faz sò très anos que moro aqui e meu caffè è horrìvel! vou ver se vai dar certo fazendo como vc sugere - agua mineral liscia, deixar o reservatòrio aberto, e mexer antes de servir. :) Val (Roma)

michelle simões said...

Ah, hahahaha... Adorei as dicas de fazer café nessa cafeteira! A da foto é igualzinha a minha... Vou tentar fazer como você ensina ever se dessa vez sai gostoso... Porque das outras vezes saíram cafezinhos com pó no fundo da xícara e um tanto forte...e percebia que sempre ficava um pouco de água no fundo...e alguém tinha me dito para prensar o café... então agora vou tentar dessa forma como você diz... Depois eu digo como ficou. Ciao!

Ana Claudia Braga said...

Adorei o passo a passo, porque é exatamente como faço com a minha Moka e nunca tive problema. costumo comprar pó para café expresso, é isso mesmo?

Anonymous said...

O senhor é o culpado pela minha insônia.

Mesmo assim, muito obrigado pelas dicas.

Adauto_BH said...

Muito bom o post. Não sei a quanto tempo está aí, mas me salvou de vários micos: Encher demais a cafeteira, por fogo alto, deixar a tampa fechada, e não lavar imediatamente, depois... Que micos! Muito Obrigado!!! Quanto ao cigarro são só dois por dia, depois da cerveja, à noite. Antes um vício sincero que virtudes hipócritas!!! Abração e Felicidades a Todos!!!

Adauto_BH said...

Allan, caso tenha tempo de ler isso, eu gostaria de pedir sua autorização para resumir tudo e colocar no meu orkut, como foto. É um processo muito meu, de divulgação, mas acho mais fácil que criar um blog. Caso Vc não responda, imaginarei que consentiu. Obrigado!!! Detalhe, sem fotos.

sanjoanense_x said...

HÁ MUITO TEMPO DESISTI DE FAZER CAFÉ NESSA CAFETEIRA PORQUE O CAFÉ SAI COM UM POUCO DE PÓ NA PARTE DE CIMA E O GOSTO FICA RUIM. NO ENTANTO, VOU TENTAR RETOMAR O HÁBITO SEGUINDO SUAS DICAS. VOCE SABE ME DIZER SE POSSO ADOÇAR A ÁGUA NA PARTE DE BAIXO, PARA NÃO PERDER TEMPERATURA CASO TIVESSE QUE ADOÇAR DIRETAMENTE NA XÍCARA? TEM ALGUMA OUTRA MEDIDA DE PÓ PARA A PROPORÇÃO DIFERENTE DE ÁGUA? UM ABRAÇO, Alexandre Cereja.

Adauto_BH said...

Acho que é muito importante trocar a borracha de vez em quando. O problema é saber quando.

Anonymous said...

Rapaz, estava eu na cozinha arrumando umas coisas quando vi não uma, mas duas cafeteiras italianas. Uma amiga havia me pedido para consertar,pois estavam ruins, enfim, apesar de ser técnico em eletrônica (as pessoas pensam que o técnico em eletrônica tem algum dom de cura para equipamentos em geral), eu sei que após meses com essas gracinhas guardadas resolvi investir(consertar ou devolver) e na procura de dicas encontrei esse blog. Tentei de tudo e parecia que era uma pegadinha, não parecia possível que fosse aparecer o café na parte superior.Enfim quando resolvi fazer passo-a-passo seguindo todos os detalhes... funfou... estou tomando um delicioso café feito na cafeteira italiana, agora é pedir a minha amiga que me conceda uma das duas para que eu possa curtir essa delicias mais vezes...
Detalhe o problema era fogo alto, o vapor passava direto e saia pelo bico da cafeteira , por isso não aparecia nada(O marido dela é descendente de italiano, acho que ela ganhou de algum parente, por isso não sabia usar...) :-)
Obrigado pelas dicas!!!

Anonymous said...

Alguem sabe onde encontro peças(a borrachinha isolante ) para cafeteira italiana, no Espírito Santo?

Rafael Mendonça said...

Muito bom o post. Foi muito útil, pois acabamos de comprar uma cafeteira italiana de inox e não tinhamos certeza de como usar.

PS.: concordo plenamente que um bom charuto é ótimo no pós-café - eu vou com um montecristo n.º4.

Anonymous said...

Comparar café com cigarro é algo totalmente imbecil, no meu ponto de vista. Q post sem noção. O mais importante que é a quantidade de café que tem que botar ali tu não falou. É na experimentação? Então pra que postar isso? Tchau pra ti. Ah, e já que tu fala tanto em Itália, vai morar lá. Pilantra.

Eu said...

A aguá da minha não sobe!! GGrrr

Dny*Luks said...

pois eh..comprei uma cafeteira dessas, a embalagem diz que faz 6 xicaras...aiai..qdo faço só consigo 1 1/2 xicara de café..
o que faço??
vc pode me ajudar?

Allan Robert P. J. said...

- Dny*Luks: respondi no seu blog, apesar de não ter sido atualizado ultimamente. Dê uma olhada lá. :)

***

- Eu: Seu perfil no Blogger não dispõe de um contato. Me mande um e-mail detalhando o seu processo com a moka que tento ajudar.

***

- Anonymous (o do comparar café com cigarro): Opinião é como bunda, cada um tem a sua. Quanto à quantidade de pó, vai depender sempre do tamanho da cafeteira, mas será sempre a capacidade máxima do recipiente para o pó, sem prensar. Ah!, e eu moro na Itália há anos. :P

***

- Rafael Mendonça: Costumo fumar uns charutos dominicanos muito bons, mas para as ocasiões especiais, tenho uma caixa de Cuaba Salomones. :)

***

- Anonymous (do Espírito Santo): sugiro entrar em contato com o representante Bialetti no Brasil:
Imeltron Com Imp & Exp Ltda
Rua James Clerk Maxwell, 225
Techno Park (Rod. Anhanguera, km 104)
CEP 13069-380
Campinas/SP
Tel: (19) 3202-1600 – Fax: (19) 3202-1632
Site: www.imeltron.com.br

***

- Anonymous (aquele que gentilmente me chama de “rapaz”): A intenção do post era essa mesmo, de passar as dicas que eu não tive quando cheguei aqui para que os leitores do blog não tivessem que quebrar a cabeça como eu. :)

Allan Robert P. J. said...

Adauto_BH: Seu perfil no Blogger não dispõe de um contato. Gostaria de poder ter acesso ao seu perfil e me divertir também, mas é claro que não há problemas em adicionar estas informações no seu perfil do Orkut. :)

Amigos do Gil e da Vi said...

A primeira vez que usei a minha cafeteira deu tudo certinho,so fiquei na duvida quanto a hora de parar. Nas duas vezes seguintes não consegui mais, o cafe ficou amargo e com pó. Posso estar usando errado a borracha.Como vejo a resposta desse post? e mail vivianewinter@ibest.com.br

Allan Robert P. J. said...

Amigos do Gil e da Vi,

A hora de parar - e apagar o fogo - é quando o barulho cessa informando que toda a água já passou pelo café, quando o café está pronto na parte de cima.

O que pode ter acontecido a partir da segunda vez:
- o pó era muito fino e entupiu a cafeteria, fazendo com que demore mais para o café subir. Com mais tempo sobre o fogo, o pó acaba queimando e fica amargo. O pó mais fino pode ter subido pelo cano interno que leva o café à parte de cima, acaba deixando resíduos na xícara. Experimente outro tipo de pó. Mas antes, desmonte e limpe a cafeteira, inclusive o cano da parte de cima, por onde sobe o café. Use uma agulha de chochê ou algo parecido;

- o diâmetro da chama não deve ser superior ao diâmetro da base da cafeteira, ou o café queima, endurece e entope a cafeteira;

- uma vez montados, o filtro e a borracha só devem ser removidos em caso de entupimento. Verifique se o filtro e a borracha estão adequadamente montados e se a boracha está intacta na sua forma original. Talvez seja necessário substitui-la.

Se nada disso funcionar, mande-me um e-mail descrevendo a sua operação para fazer o café que tentarei ajudar. :)

Abraços e bom café!

Allan

Tanko said...

testei a cafeteira inox que ganhei seguindo o passo-a-passo, para fazer meu primeiro café. Não tive contratempo algum, mas o café ficou horrível, amargo e hiper forte, pior do que o que se fazia lá na casa de meus pais.

Agora não sei se não gosto do café preparado na moca que não tem nada a ver com o espresso do bar ou se ainda estou fazendo algo errado...

Allan Robert P. J. said...

Tanko,

Normalmente um filtro extra acompanha as cafeteiras. Trata-se de um círculo de aço com furinhos, com uma aba ou pegador. Esse filtro serve para quando você decidir colocar menos pó que a capacidade total da cuba, basta colocá-lo sobre o pó de café e fechar a cafeteira. Mas, sim, o gosto costuma ser mais forte que o do coador de pano ou papel, mas menos forte que o expresso do bar.

Experimente fazer mais alguns cafés - o gosto ruim pode ser algum resíduo da cafeteira nova - e decida se gosta ou não.

Eu sempre sugiro provar o café na casa de alguém, antes de comprar a moka (para quem mora no Brasil, que aqui todo mundo usa). O mesmo conselho vale para as cafeteiras elétricas.

Boa sorte! :)

sandra said...

Ultimamente estou tendo problemas com a minha cafeteira, não sei porque a água que coloco só sobe metade, e coloco antes da valvula.Porque que isso está acontecendo?

Marina Harkot said...

post extremamente útil!
grata pela ajuda

Allan Robert P. J. said...

Sandra:

Infelizmente o seu perfil no Blogger não está disponível.

Pode ser que o pó seja muito fino e tenha entupido a cafeteira. Neste caso, será necessário desmontá-la e limpar cada parte, com o auxílio de uma agulha de crochê os algo parecido para limpar o tubo interno que leva o café à parte de cima. Qualquer dúvida mande-me um e-mail, disponível na barra lateral à direita.

***

Marina Harkot:

Bom café! :)

Patrícia Martins said...

Allan, adorei seu post, poeticamente escrito e vc foi muito feliz citando Falconi. Acabei de ganhar uma dessas maravilhas e já coloquei em prática. Hummmm que cafezinho delicioso e aromático. Ficou um pouquinho de pó no fundo da xícara, será que é normal?
Um abraço e obrigada.

tadeu pepe said...

Tenho quebrado a cabeça com minha Moka. Sempre que faço fico meio descepicionado, tomo o café assim mesmo, com pó no fundo da xicara. Me falaram de usar pó moido na hora, pedir para moer mais grosso, isso procede ou é folclore.

Allan Robert P. J. said...

Patricia Martins:

Obrigado pelo elogio. Espero que a sua moka faça muitos cafés. :)


Tadeu Pepe:

Realmente o pó tem um papel fundamental. Se fino demais, com certeza passará para a parte de cima - correndo o risco de entupir a cafeteira - e vai parar na xícara. O correto seria usar um pó específico para moka que, sim, é mais grosso que o normal. Bom café! :)

Margareth said...

Allan, muito interessante tudo que escreve, mas vou voltar a perguntas sobre a cafeteira. A bialetti tem varias versoes, junior, moka etc, qual diferença entre elas ??? Outra pergunta, a minha pequena, para 2 cafes, esta com a parte interna inferior totalmente escurecida, isto prejudica ou é assim mesmo......

Allan Robert P. J. said...

Margareth,

Não consegui acessar seu perfil no Blogger. Repondo aqui mesmo esperando que você volte. :)

A Bialetti tem até cafeteira elétrica e uma moka que já prepara o capuccino e desliga sozinha antes de queimar, mas mantém o café na temperatura ideal. Obviamente cada modelo tenta atingir um tipo de consumidor e você deve levar em consideração que o café na Itália costuma ser muito curto. A minha cafeteira é em inox, para seis pessoas, mas só tomamos em dois e às vezes não basta.

Se a parte inferior estiver escura e você obedecer a regra de só usar água e mãos para limpar a cafeteira, não se preocupe: ela deve se encontrar na mesma situação da maioria absoluta das mokas italianas, impregnadas de café. Se dcidir lavar, não use detergentes ou qualquer outro produto além de uma esponja e enxágue muito bem, ou, aí sim, o sabor do café ficará alterado.

Bom café! :)

H e r r e r o said...

Valeu!

mas o cometário 12 é ridiculo!

ubiracits said...

Já usei, a cafeteira, mas por vezes o café não sobe.... Seria muito pó? A água pode molhar a cuba antes de por o pó? para não molhar ela fica bem abaixo da válvula.... menos café.

Allan Robert P. J. said...

ubiracits,

Não consegui acessar seu perfil no blogger (está virando norma).

Para fazer mais café eu costumo encher a cuba com o pó antes de colocá-la sobre a base com água. Fechar corretamente a cafeteira TODAS AS VEZES evita que a água evapore antes de passar pelo café.

bom café! :)

Sanflosi said...

Isso não é um post, é uma prestação de serviço! Ma-ra-vi-lho-so!
Comprei a cafeteira e não tinha nenhuma explicaçãozinha de como proceder. Claro que existe o instinto, mas só com ele eu nunca chegaria ao detalhamento sobre o tipo de fogo, a paciência e até... como lavar a cafeteira.
O resultado, seguindo seu passo a passo, foi ótimo.
Obrigada.
Sandra.

guerrilheira Dilma said...

Café é bom a qualquer hora. Gostei do charuto.

Miuda said...

Achei ótima a matéria... para quem quer um cafezinho rápido e gostoso sem precisar ir fora... delicia mesmo

José Tadeu said...

Meus parabéns pelo blog Allan!

Mas, quando você fala: "O café subirá lentamente, proporcionando um perfume e ruído característicos." O que está acontecendo com este "ruido característico, é que o café já foi todo passado e, está havendo a "queima". Pois,o borbulhar indica que o vapor já empurrou toda a água fervente e, o nível já está abaixo do tubo do funil. Assim, não se deve esperar muito o "ruido característico."
Abraços.

Anonymous said...

Amigo, muito bom o seu post..
mas tenho uma duvida, a minha cafeteira faz pra uma "caneca" rsrs.. o normal de pó de café é quanto? (claro isso varia muito o gosto)

sem fazer propaganda comprei um Melitta e sai perfeito :)

Allan Robert P. J. said...

Sandra,
Fico contente por ter sido útil. :)


Guerrilheira Dilma,
O charuto não falta nunca. :)


Miuda,
Valeu pelo apoio. :)


José Tadeu,
Sinto muito, mas devo discordar: o café que sobe no início não faz ruído, mas a partir de um certo ponto a pressão aumenta e a subida do café provoca um ruído característico, que é diferente do ruído que ouvimos quando pára de borbulhar; "o borbulhar indica que o vapor já empurrou toda a água fervente", se ainda borbulha é porque ainda não subiu todo o café.


Anonymous,
O correto é encher toda a cuba com pó. Se a sua cafeteira é muito grande, sugiro comprar outra menor e deixar a maior para quando receber visitas. Também existe a opção de usar o filtro extra, que é um círculo de aço com furinhos, com uma aba ou pegador. Esse filtro serve para quando você decidir colocar menos pó que a capacidade total da cuba, basta colocá-lo sobre o pó de café e fechar a cafeteira. Não sabia que a Melita está produzindo cafeteiras.

Bom café a todos! :)

Anonymous said...

Ola! Eu ja nao uso mais a Moka porque sou fan do Clooney, mas nos meus tempos eu colocava bastante pò e logo fazia uns buraquinhos com o palitinho (de dentes!?!) e deixava a tampa aberta.
Sem modestia. Era uma delicia!!!
bye!

Jussara Gehrke said...

Allan, das suas dicas só não fazia com a tampa aberta e nem mexia antes de servir. Mas o que acho mais importante é acertar na quantidade de pó, isso leva tempo de treino, dependendo do tamanho da cafeteira, só funciona o método empírico de tentativa e erro. A água é fundamental para dar sabor ao café.
Nada como uma bom café de manhã e após as refeições, eu adoro.

bjs
Ju

ariel said...

Adorei o post e faço minhas pequenas contribuições:
1- é com tempo de uso que a cafeteira fica melhor.
2- se a trempe é bem maior que a base da cafeteira, colocar ela enviesada, pela metade do círculo da chama, e com o fogo brando perto do ponto de apagar, ou seja, bem fraquinho.

Antonio said...

ciao Allan per caso leggendo le tue pagine ho scoperto il link che spiegava il funzionamento della caffettiera .
Ho pubblicato di recente un post proprio sul caffe e sulle macchine da caffe sarei lieto se vorresti darci un occhiata .

grazie un abbraccio

visito i siti in portoghese perche sto imparando la lingua.vivo in liguria .

Jussara Gehrke said...

oi Allan

ganhei uma cafeteira nova e hoje quando preparava o café resolvi fazer um PAP seguindo suas dicas, veja se ficou bom.

http://juju-ano4.blogspot.com/

beijo
Ju

Anonymous said...

Pode me ajudar com uma dúvida?
Estou querendo comprar uma cafeteira italiana, mas gostaria de saber o seu uso quanto a capacidade. Normalmente faço diariamento café depois do almoço (filtro), o equivalente a duas chícaras. Mas ocasionalmente quando tem mais alguém faço em maior quantidade.
A dúvida é, nesta cafeteira, adquirindo uma de 4 ou 6 doses, eu consigo fazer 2 normalmente, ou devo sempre utilizar a capacidade recomendada de água e café?

obrigado
Marcelo

Allan R. said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Allan Robert P. J. said...

Marcelo,

Inicialmente considere que a quantidade de uma moka produzida na Itália se refere ao café italiano, ou seja, 20 ml. Uso uma moka para seis cafés e tomamos em dois (eu e minha esposa).

A cafeteira italiana costuma vir acompanhada de um filtro extra para permitir uma quantidade menor de café. Trata-se de um círculo de metal com furninhos e um pegador no centro. Procure uma que o possua e bom café. :)

FreakDellirium said...

Caríssimo, de fato muito bom seu post.
mas devo dizer que a minha eu nao lavo nunca. alias nem abro depois de fazer o cafe. abro somente na hora de fazer o cafe, e deixa ela fechada ate o proximo uso. (bebo em duas cafeteiras cheias sozinho) uso uma de 6 xicaras. e ela por dentro está NEGRA e gosto assim.
a impressão que tenho (pode ser que seja maluiquice minha) é que qdo abro pra limpar depois de fazer o cafe (jah fiz isso algumas vezes) altera o sabor. em tempo uso o cafe MOGIANA da melita....
e nao troco por nenhum outro. enfim eh isso
paz a todos.

@deniseragel said...

Allan,
Uso a cafeteira italiana há poucos anos e não tinha ideia de que a utilizava de modo errado.
Grata pelas dicas. Tuitei, viu? Acredito que junto a tomar um bom café, vai também a consciência de que estamos deixando de usar filtros de papel.
abraço, garoto

Sandro said...

Ganhei minha cafeteira ontem a noite. 3 cafés e de alumínio. Só o que errei, foi a quantidade de fogo. Mas percebi na hora que deveria usar o fogo baixo. Minha dúvida. Esse café da "italianinha" (a minha deve ser genérica) é o mesmo tipo de café das máquinas que tomamos? O Expresso? Como faço para o café ficar com aquela espuminha dourada por cima?! Eu amar esse café com açúcar mascavo é alguma falta grave no tocante a originalidade/tradição?!

Allan Robert P. J. said...

Sandro,

Não consegui acessar o seu perfil.

O café da moka não é o mesmo das máquinas de café expresso, mas é o café que a maioria dos italianos toma antes de sair de casa.

O açúcar mascavo tem um sabor peculiar, mas não chega a ser uma falta grave. Os bares italianos oferecem mais de uma opção de açúcar, inclusive o de cana semielaborado (não chega a ser mascavo mas é cristal marrom). Experimente - ao menos uma vez - o café sem açúcar, que é como tomo sempre.

:)

Sandro said...

Obrigado Allan. Estou aproveitando muito a cafeteira. Comprei um café na loja em que costumo tomar meu expresso com mascavo e a qualidade aumentou mais ainda. Devo comprar uma de inox em breve. Quanto ao café sem açúcar, eu já tomo. Principalmente quando passo por alguma dieta alimentar. É bem melhor do que com adoçante. Abçs. 80)

Fábio said...

Esse post é bem antigo, mas espero que mesmo assim, receba uma resposta.

Duas dúvidas:

1. quando desligar o fogo?
2. qual a hora certa de passar o café para a cafeteira, ou deixa na italiana mesmo?

Allan Robert P. J. said...

Fábio,

O post é antigo mas o Blogger me avisa sempre. :)

1. Quando parar de borbulhar e de subir café.
2. Da moka para a xícara.

Bom café!

Anonymous said...

meu deus, não lave com sabão!

irá sobrar resíduo do sabão e piorar o gosto do café, lembre-se que o café é solúvel em água (a vá!), o uso do sabão é totalmente dispensável xD

o mesmo vale na hora de limpar uma chaleira etc...

o sabão é suado para limpar gorduras, porque não são soluveis na agua, é uma manira exagerada de limpeza de achar que só ta limpo quando ve espuma hahahahahah

José Marcelo Randes said...

Acabei de tomar um café feito na italiana enquanto lia aqui. Da próxima vou experimentar deixar a cafeteira aberta e mexer o café no final. Agora vou acender meu Lucky Strike, que é menos prejudicial à vida do que gente chata, hehe.

nemacharmosa said...

Tenho uma, fiquei super feliz de aprender mais sobre ela e como usa-la melhor.
Abraços

Anonymous said...

BOA NOITE!

MAS E O PÓ PRA FAZER CAFÉ? ONDE DIABOS A GENTE PODE ENCONTRAR???
(PQ O PÓ NORMAL, NAO SERVE)

OBRIGADO! ABRAÇOS

Allan Robert P. J. said...

Anonymous,
Não saberia indicar que pó de café utilizar no Brasil ou em outros países, mas na minha última viagem a casa usei o Segafredo que encontrei por aí. Alguns moedores - daqueles que moem na hora - podem ser regulados e empacotar um pó menos fino; vale a pena se informar com quem opera o moedor da padaria ou supermercado.

Se tiver alguma novidade positiva, por favor me informe.

Grato e bom café! :)

a.magno.x said...

Como não tem data de postagem do último comentário, não sei se este será lido, mas ai vai:
Comprei a moka a poucos dias e, apesar se já ter utilizado outra cafeteira, não conseguia utiliza-la corretamente. Algumas vezes o café não subia todo. Acho agora que é devido a forma como coloco o café. Vou experimentar mais algumas vezes para apurar o processo. Quanto ao café, utilizo o Melita do Cerrado, mas já comprei um no Verdemar (supermercado de BH) moido para máquina expresso (acho que mais grosso) e assim que experimentar coloco aqui.
Quanto a tampa, descobri que não devo deixa-la aberta todo o tempo, quando a água está no fim é melhor fechar para que as "baforadas" do vapor não deixem o fogão imprestável.
O cigarro ou charuto eu dispenso.
Uma pergunta, posso adicionar chocolate junto ao pó?
Obrigado pelas dicas e por favor continuem a eviar dicas.

Allan Robert P. J. said...

a.magno.x
Fazer café na moka é muito simples.
...Depois que se aprende. :)

Quando preparo o café antes de estar completamente acordado, costumo não fechar direito a cafeteira e a água evapora pela lateral. Tem quem soca o pó e o café sobe normalmente, mas comigo não dá certo. O passo a passo do post funciona se todos os passos forem efetuados corretamente e, pra mim, funciona há anos, a não ser quando ajo como sonâmbulo.

Quanto ao chocolate, lembre-se de que ele derrete com o calor. Nunca experimentei, mas acredito que o chocolate derretido iria acabar entupindo a moka.

Obrigado pela dica do pó. Espero que o leitor do comentário anterior volte para ler.

:)

Will. D. said...

Ola,
comprei uma Moka na americanas e estou com um problema na borracha de vedação, está com um cheiro forte e contamina meu café, tenho ela um mês e meio e faço café nela todo dia, e ainda fica um pouco do gosto da borracha. é normal a borracha cheirar forte? e se não onde eu posso encontrar uma para troca?

Roseane, said...

Adorei seu post. Agora já sei como preparar um bom café na cafeiteira italiana. Bjk e bom domingo!

David e Socorro said...

Prezado Blogeiro, acabei de fazer meu primeiro café na Moka, e surgiu um questionamento. Semelhante ao vinho, que precisa de uma taça "fechada" para acumular os odores da bebida, não seria a mesma coisa ao fechar a tampa panela, para não deixar de escapar o aroma do café? E parabéns pelo blog.

Anderson said...


Bom dia,

para não descartar os cafés, optei por apenas ferver a agua, e creio q vou repetir o processo, devido ao odor dos residuos.
Enquanto esfriava a cefeteira (a minha é "made in china", de aluminio, quase igual a original criada pelo engenheiro italiano em 1933) vim parar no seu blog.
o café eh organico, de uma regiao de sao paulo que nao recordo agora.

Ah, sobre agua mineral , vc fala das garrafinhas de plastico?
Eu optei pelo filtro de barro, com prata para uma purificação de mais qualidade.
As garrafas de plastico pertencem a um pavoroso conglomerado, que busca se apossar de fontes de agua pelo mundo.
Na França, conseguiram reaver a agua publica a pouco tempo, depois de uma estupida privatização.
Em 1992, se nao me engano no Uruguai, a população foi as ruas para cancelar a privatização q colocou a agua nas maos de Bettel(algo assim o nome), o episodio tem farta documentação na web, e no livro do economista John Perkins, "Confissoes de um Assassino Economico" ed. Cultrix, e tambem no doc de Peter Joseph.
No youtube vc os encontra, juntamente com o doc dedicado ao tema produzido e apresentado por Annie Leonard.

Como podes ver, usar filtro de barro eh uma forma de combate! ahahahahaha

Abs,
A

Anonymous said...

Minha Bialetti (mais de dez anos de uso nao constante) apresenta odor e gosto desagradável, provenientes de manchas (resíduos) existentes no fundo do recepiente de água. Sempre usei detergente para lavá-la. Somente hoje é que descobri o modo correto. Pergunto se há algum produto ou meio que remova o odor e o gosto de metal. obrigado

Allan Robert P. J. said...

Anonymous,

Sugiro substituir a sua cafeteira de mais de dez anos por outra nova, de preferência de aço inox.

Desaconselho usar qualquer produto para limpar metal. Provavelmente a cafeteira há perda de material com muito espaço para alojar resíduos, inclusive de produtos para limpar metais.

Honestamente, compre uma nova e bom café!

:)

Jorge Americo said...

Muito bom...valeu.
O café ficou maravilhoso. Sou apaixonado por essa bebida e ainda não tinha conseguido fazer em casa, um café com qualidade...agora já deu.
Abração!!!

Anonymous said...

estava super feliz com minha moka nova e agora tô lendo que de alumínio faz mal. e agora? :/ faz tanto mal assim?

Julieta, Ju ou Lia said...

Adorei as dicas!
Minha mãe me deu uma destas faz um tempão e eu só a usava como decoração da cozinha, acho que por medo de quebrar, já que a parte de cima é de porcelana. Quanto tempo perdido!
Abraços

Anonymous said...

comprei uma cafeteira Bialetti inox Venus 10 xicaras,onde a vendedora disse ser a legitima da italia.
Realmente no fundo tem escrito Made by Bialetti Italian Quality Design mas na caixa esta Made China
alguem poderia me explicar isso? {inesplicavel?}









re

TGatti said...

Sempre faço cafés com a moka em casa, das dicas que tenho é sempre utilizar cafés de qualidade, gourmet ou 100% arábica, com a moagem grossa, sempre utilizar água mineral ou bem filtrada e deixar no fogo baixo, pois assim o café sai mais encorpado. Uma das dicas é colocar um pouco de água, bem pouco, no reservatório de cima da moka, pois assim quando o café sair da cafeteira não vai queimar quando entrar em contato com a superfície quente. Quando o café subir até aproximadamente metade cafeteira pode desligar o fogo, pois vai subir automaticamente com a pressão que estará formada na parte debaixo da cafeteira. Sempre utilizo um café gourmet muito bom, eles também tem moagem ideal para a moka, http://www.reservagourmet.com.br/

Jonas Guimarães said...

Olá!

precisa fazer o café com ela sempre "cheia"? tipo, numa cafeteira de 6 xicaras, consigo fazer somente a metade?

OBrigado!

Allan Robert P. J. said...

Problemas com a borracha de vedação? Substitua. A borracha não tem cheiro e se a sua tem, não use. Onde comprar uma borracha nova: aqui onde moro (Piacenza - Itália) tem em cada esquina. No Brasil. honestamente não sei.

Moka de alumínio? Não uso há anos. Substituí por uma de inox e é a que costumo dar de presente. A própria Bialetti tem bons modelos em inox. Temos umas três de diversos tamanhos, o que permite fazer o cafezinho aos amigos depois de um almoço.

Sim, a Bialetti transferiu a fábrica para a China.

Jonas, é possível fazer menos café, desde que você tenha o disco de aço para colocar dentro da cuba da moka. É um disquinho furado que não sei se é fácil encontrar no Brasil. Contudo, leve em consideração que as medidas respeitam o padrão italiano. Todas as manhãs eu e minha esposa fazemos uma moka de seis cafés. E não sobra nada. :)

Anonymous said...

Tenho tentado fazer café na Italiana, mas a água não sobe e a válvula de segurança está saindo todo ar. Isso acontece normalmente? Seria essa a razão da água não subir? Agradeço!

Allan Robert P. J. said...

Caro leitor,
A válvula de segurança não deve perder ar ou água. Verifique se há algum defeito e se a válvula está apertada. Se a moka é velha, o duto interno pode estar entupido. Melhor adquirir uma nova de boa qualidade.