Saturday, January 30, 2016

O tempo



Ah, o tempo.

Tudo o que fazemos é no presente, o único tempo que nos é permitido. Somente agora podemos mudar tudo, projetar o futuro, reviver o passado e reaflorar sentimentos. Velhos e crianças ao mesmo tempo. Difícil separar os tempos do tempo, quando as emoções ressurgem atuais nas lembranças. Mas, se os sentimentos têm a mesma intensidade, é correto achar que o passado passou?

Vivemos como podemos, quase nunca como planejamos. Agora é o tempo de viver, de se arrepender, de se orgulhar, de sorrir, chorar, esquecer, amar, perdoar, acertar, errar e se apaixonar. De novo e de novo e de novo. Antes que o presente vire passado.

Mais que a paz, todos buscamos a felicidade.

Acabamos de entrar no 30º ano.

Grazie!

3 comments:

Sissym Mascarenhas said...



Allan, isso é otimo. O tempo é o presente, mas pensamos nele como o passado vivido e o futuro que virá. Podemos planejar mas o tempo se encarrega de que somente parte faça parte. Então eu penso que os dias são feitos de paginas em branco para que possamos escrever a vida.

Bjs

denise rangel said...

Allan, como vai?
Saudades daqui.
Texto bem pertinente ao que venho sentindo ultimamente. Na verdade, somos passado, presente e futuro. Ainda que planejemos este, ele sempre será um misto dos três. O passado influenciando nossas escolhas e planos, o presente revelando nossos sucessos ou decepções, e o futuro sempre como uma chama de esperança.
Um ano bom e abençoado!
abraço, garoto

Cristiane Fonseca said...

Eu caí de paraquedas por aqui.. e olha que nem sou dos esportes muito radicais.. mas quando o assunto e sentimento e poesia, esses me encantam e até me aprisionam em sua liberdade....
"reaflorar sentimentos"... "é correto achar que o passado passou?"

Tem palavras mais belas unidas e completas neste texto?

Encantada.
Tenho 2 blogs.
Reflexões: Dividro
e perda de peso: Rumo ao 70.

Forte abraço!!!
Cris