Wednesday, October 20, 2010

Cadê o sossego que estava aqui?

Nos últimos dias venho recebendo uma enxurrada de e-mails solicitando/exigindo que me engaje nesta ou naquela campanha para presidente. Alguns poucos leitores deste blog, muitos conhecidos, uma enormidade de desconhecidos e dois amigos cobram uma minha posição antes do segundo turno da eleição presidencial. Muitos links, PPS, correntes, notícias falsas, notícias verdadeiras, meias verdades e sugestões de leitura. Os dois principais links (este aqui e mais este outro) são blogs que não leio e que vou continuar não lendo.

Informo a todos que este não é um blog político. Escrevo amenidades – na maioria das vezes – e futilidades. Também não aceito patrulhamento político e não abro mão da lei que me dá o direito de manter meu voto secreto. A Internet está repleta de gente que escreve bem sobre política. Aos dois amigos, mandei um e-mail esclarecendo e solicitando que parem de me encher o saco – somos amigos e posso me permitir a tratá-los como amigos –, aos ilustres desconhecidos, tenho sistematicamente classificado os e-mails como spam. Aos leitores deste blog já deve ter ficado clara a minha posição. Espero que continuem acompanhando as amenidades e futilidades que escrevo. :)

Votem com consciência. Daqui a pouco tudo passa e voltamos à normalidade.

9 comments:

Anonymous said...

Eu me posicionei claramente nesta eleição, mas evitei fazê-lo no Agreste.
Manoel Carlos

myra said...

bom dia, amigo Allan, te agradeço os comentarios e te digo que voce tem toda a razao!! aqui no que diz!
tudo muda e tudo fica igual, entao é melhor ter esperanças e continuar a escrever como voce, diz "futilidades", que eu nao acho que sejam:)))) um gde abraço,

guerrilheira Dilma said...

Desculpe se estão te incomodando e usando o meu blog para isso. Acho que cada um tem o direito de fazer o que quiser com o próprio voto e convicções políticas. Não cobro isso de ninguém nem peço que o façam em meu nome.

Trabalhei com a cúpula do PT há muitos anos e hoje me enojo com os paloccis, dilmas, lulas e dirceus que o PT produz. Ser contra o PT, a corrupção do partido e a sra. Dilma não me coloca a favor do Serra. Votei na Marina e vou anular meu voto no segundo turno por entender que ambos os candidatos não representam o que espero do nosso governante.

Votarei consciente. Espero que os demais eleitores também.

Borboletas nos Olhos said...

Se o seu blog é de amenidades o meu deve ser de futilidades, rsrsr. Eu acho que o bom da democracia é a diversidade poder se manifestar. Os que querem dizer, digam. Os que querem calar, calem. (claro, tudo com civilidade e, de preferência, com verdades e não com difamações blá, blá, blá). Gostava de vir aqui, antes. Gosto de vir agora. E, sei bem, continuarei gostando dia 01 de novembro. Logo...

PS. Merci pela gentileza, viu. E sim, os dentes ficam sempre à mostra...

Ágatha Alves said...

Allan confesso que não entendi muito o que aconteceu.
E falar de politica é algo um pouco delicado, por isso evito, até pq n sou boa nisso e a minha opinião jovem ainda que está começando a vida não é das mais maduras. Vc escreve bem, falar bem, se esclarece bem, mas pra presidente? acho que há algumas coisas exagerada das pessoas que te encheram com essa, deve ter sido um saco.

Beijão

Carlos Medeiros said...

O voto é secreto, e é um direito da pessoa mantê-lo assim. Não gosto quando colegas me pressionam querendo minha opinião.

peri s.c. said...

Estamos presenciando o fundo do poço das nossas campanhas eleitorais.
Nos palanques e aqui na platéia.
Fique quietinho aí com o seu voto, Allan .
E exerça seu intocável ( por enquanto, nunca se sabe o futuro ) direito de mantê-lo secreto.

LisAnaHD said...

Muito bem, Allan. Mesmo vc expressando bom-senso não faltou quem, aqui nos comentários, se manifestou em contrário ao seu posicionamento.

kalina morena said...

oi
a mesma visita de politicos na minha caixa postal aconteceu comigo. a gente fica se perguntando onde essas pessoas tem acesso ao email da gente. recebi email de um candidato e acho que ele chegou a mim porque fui professora da filha dele no passado.
curioso esse comportamento.
abracos