Thursday, September 24, 2009

Cinco anos de Lúcia Malla

Corria o ano de 1982 e eu fazia strudel no Embu, pertinho de São Paulo. A rádio misturava notícias e músicas e nos fazia companhia, a mim e ao meu amigo e sócio Cláudio. De repente nos olhamos e murmuramos algo: “mas só tem maluco nesse mundo?”, ou coisa parecida. A notícia que nos chamara a atenção era a de que um brasileiro tentava atravessar o oceano em um barco a remo. Claro que me interessei e, sem internet nem flashes ao vivo, fui descobrindo que de maluco o cara não tinha nada. Quando saiu o livro contando a aventura, comprei-o e descobri o quanto aquela viagem fora planejada.

Anos mais tarde, já pelo fim dos anos 90, em uma convenção da empresa em que eu trabalhava, tive a oportunidade de assistir a uma palestra do Amyr Klink. Mais: fui sorteado para levá-lo ao aeroporto e aproveitei para bater um papo muito descontraído com o simpático aventureiro. Contei-lhe algumas das minhas viagens de moto e ele – gentilmente – chegou a dizer que eu seria um bom companheiro de viagem. Aproveitei para lhe contar da primeira vez que ouvi o seu nome, naquela notícia do rádio. Ele estranhou, pois afirmou que os amigos que monitoravam o evento não tinham tido notícias de que alguma rádio tivesse noticiado o fato antes da chegada da longa travessia. Apesar do ligeiro mal-estar, o Amyr continua sendo o viajante que mais admiro.

Alguns blogs fazem sucesso, enquanto outros fazem menos. O sucesso de um blog não se mede apenas pelo número de comentários, mas por uma soma de fatores. Quem já teve a curiosidade de pesquisar na rede o próprio nome ou o de um amigo, poderá se assustar com a quantidade de páginas como resultado de “lucia malla” ou “uma malla pelo mundo”. A querida Lúcia
é linkada e citada por muita gente de peso. Curiosamente o blog tem um número de comentários inferior a blogs que, na realidade, fazem menos sucesso. Ter muitos comentários não pode ser considerado como único parâmetro para medir o impacto de um blog ou do seu autor na grande rede.

Não lembro exatamente como conheci o blog da Lúcia, mas posso dizer que virei leitor assíduo desde o primeiro post que li. Gosto de tudo. Das viagens, da sexta sub, daqueles posts cheios de links que me fazem perder a noção do tempo e que, muitas vezes, me faz enveredar por outros links, outras leituras e acabo esquecendo de comentar. Às vezes acredito ter comentado e não volto para controlar.

Foi através dos comentários de um post que nasceu a ideia do blog coletivo do qual fazemos parte, o Faça a sua parte.

E você, que não está acostumado à minha prolixidade, deve estar se perguntando: “que diabos tem a ver a Lúcia Malla com o Amyr Klink?” Bom, se você teve o prazer de conhecer a Lúcia e o André pessoalmente, vai entender que eles tem em comum esse prazer em viajar, descobrir e escolher aventuras que não se encontram nos guias turísticos. Se você os conheceu, vai entender porque a Lúcia é uma pessoa tão querida e que a imagem positiva que o blog transmite não é só imagem. É isso, associo facilmente o casal Lúcia e André ao Amyr. E continuo viajando nas viagens deles.

Parabéns pelos cinco anos do blog, abração no André e beijocas. :)

7 comments:

denise rangel said...

Que homenagem bacana, Allan! Realmente é impossível não gostar de Lucia. Também viajo nas viagens dela e curto cada mergulho e bebo cada informação que ela traz com tanta categoria.parabéns para Lucia!
abraço, garoto

Claudio Costa said...

Também viajo muito com os posts e fotos da Lúcia Malla, embevecido pelos relatos tão precisos e cuidadosos. Entre outros, um segredo do blog dela é o 'carinho' com que trata a Mãe Terra.

Lucia Malla said...

Gente, é sério, assim vcs me deixam sem graça demais. :))))

Allan, tudo de ótimo sempre pra vc, amigo. :)

Beijão do coração.

Elaine said...

Olá Allan, tudo bem? Dei uma olhada nas suas "receitas" e gostei muito! Por acaso você teria "penne a la norcina"? Grande abraço, Elaine (Terni-Umbria)

Luma said...

Eu acompanho o blogue pelos feeds. O blogue trata de assuntos que me interesso muito e estão de parabéns pelos 5 anos de sucesso!!

Beijus,

Lunna said...

E eu sempre me pergunto porque as pessoas se preocupam tanto com comentários, mas tudo bem. Tem gente que visita nossos blogs e já vão logo dizendo "legal o seu blog, aparece lá no meu e comenta" ou então tem a cara de pau de reclamar da falta de comentário. As vezes, eu comento, se o assunto tiver mesmo algo em comum comigo e no dia eu estiver bem e tudo mais.
É claro que em alguns blogs (como o seu por exemplo) a amizade nos permite aquelas singularidades, há tanto tempo visitando que vc já senta no sofá sem pedir licença e já vai ligando o som. rs
Enfim, eu acompanho o blog dela pelo feed, porque o tempo nem sempre é meu amigo. rs
Bacio carissimo

Anonymous said...

Amiable brief and this fill someone in on helped me alot in my college assignement. Gratefulness you seeking your information.