Wednesday, January 23, 2008

Feliz Aniversário!

- Esse menino vive no mundo da lua.

Minha mãe tinha razão. Jamais conheci alguém tão distraído quanto eu. Ela mesma foi vítima dessa minha carcterística mais de uma vez: passei alguns anos dando-lhe os parabéns dia 22 de fevereiro. A cena era surreal: beijo, abraço, presentinho e ela alí, a ignorar-me, imóvel com um olhar gélido. Era como abraçar um poste. Não, acho que abraçar um poste seria menos constrangedor. Ao menos não haveria aquele olhar. Nunca dei bola nem entendi muito de horóscopo, mas sei que meu irmão Bruce, o caçula da família, é do signo de peixes e faz aniversário dia 14 de março. No meu método particular para não esquecer a data do aniversário dela, eu considerava que, sendo do signo de aquário, que é anterior ao signo de peixes, o aniversário dela poderia ser em fevereiro, que é o mês anterior a março. Mas por uma lógica matemática muito acima da minha compreensão, o aniversário dela é mesmo no dia 22 de janeiro e sob o signo de aquário. Desistí da astrologia e casei com uma mulher prática, daquelas que não esquecem datas importantes.

Na Itália as comemorações mudam de acordo com a idade. Até os 7, 8 anos, festinha na escola, no salão paroquial, no clube ou em qualquer outro lugar com disponibilidade para um bando de crianças. Os prédios não possuem salão de festas. Depois começam as saídas para as pizzarias; alguns levam a classe inteira, outros, os amigos mais próximos e nem sempre o convite inclui a conta. Leva-se a criança à pizzaria e enfia-se o dinheiro da pizza num dos bolsos. Alguns têm a gentileza de concordar antes e evita-se o constrangimento na hora da conta. Os presentes, qualquer que seja a participação na conta, são como um ingresso: sem pacotinho ninguém vai. Nós adotamos a prática de convidar os amigos mais próximos (uns 10 ou 15) e um casal de adultos, pais de um dos convidados. Fazemos duas mesas separadas, com os adultos em uma mesa à parte e pagamos toda a conta.

Passado a fase da pizza, começa a fase em que é o aniversariante quem deve levar uma torta e uma garrafa de vinho aos colegas no trabalho. Ou seja, fim dos presentes. À exceção dos parentes e uns poucos amigos realmente íntimos. O que me tem poupado inúmeras gafes, pois eu esqueço mesmo. Ainda vivo no mundo da lua. Passei anos com 23 anos; depois, me convenci de que tinha 27 e isso durou outros cinco anos, até que completasse 32, que durou por quase dez anos. As pessoas me olhavam meio de lado e repetiam: “32…?” Eu parava e pensava em que ano estávamos, fazia as contas e dava a resposta correta. Nunca me levaram a sério, pensavam ser mais uma das minhas brincadeiras. Melhor.

Mas ainda vivo no mundo da lua. E é esse o motivo desta carta. Sei que para você o seu aniversário é importante e até pensei em montar uma agenda com todas as datas (mais de uma vez), mas eu perderia a agenda, como perdi todas as outras. Juro que penso em você, caro parente ou amigo; às vezes penso em como você reagiria em determinada situação ou vejo algo que me faz lembrar você, ou lembro de alguma experiência que dividimos, seja um churrasco ou uma situação complexa, coisas que para você não tiveram a mesma importância que para mim. Pode ter sido somente um olhar, um ar de cumplicidade ou um sorriso na hora certa, por que eu vivo no mundo da lua e essas coisas são importantes por . Então, saiba: eu me preocupo com você, gostaria de ter mais notícias e de poder estar próximo nos momentos difíceis. Provavelmente, estarei morto de cansaço no dia do seu aniversário, vou acabar deixando para ligar mais tarde para não transmitir-lhe meu mau humor num dia tão especial e vou acabar esquecendo ou dormindo antes que o fuso horário me garanta encontrar você em casa. Ou, simplesmente, vou esquecer do seu aniversário, como às vezes esqueço do meu. Mas não vou esquecer de você, mesmo daqui a muitos anos. Como jamais esqueci a Nádia Pacheco, que me esninou a ler quando eu tinha três anos; como jamais esqueci a Denise, minha namoradinha dos cachos dourados de quando frequentava o Jardim da Infância; como jamais esqueci meus tios, primos que não vejo há muitos anos e sobrinhos; como jamais esqueci de qualquer outra pessoa que tenha participado da minha vida com um mínimo de importância. Lembrei de você neste momento e decidí antecipar-me, para não deixar passar essa oportunidade:

Feliz Aniversário!
.

17 comments:

Flavio Prada said...

Como eu também não tenho muita certeza a respeito de meu aniversário, pode bem ser que voce acertou na mosca. Obrigado.
A propósito, eu te liguei no domingo como havia prometido?

Ana Maria said...

hehe, adorei o texto! eu me esqueço de muita coisa, mas datas e nomes ficam na minha memória ad infinitum. nem sei explicar o porquê do meu hd mental guardar esses dados todos. :-)

Ulisses Adirt said...

Vc já conheceu alguém mais distraído que vc sim... só q vc estava mto distraído naquele momento para notar... ;-)

Georgia said...

Bem..., para o aniversário da sua mae vc novamente chegou atrazado, pela data do post foi ontem,(rs)
Quanto a do seu irmao ainda está para chegar, aliás mesmo dia que me esposo.
Mas se vc está com consciência pesada porque esqueceu a data de alguém bem chegado, o post ficou bonito e devo até dizer que alguém que te conhece, que nao é o meu caso, vai pensar, ah, ele lembra dos momentos que passamos juntos. Prá muita gente data de aniversário é fundamental e para aqueles que estao envelhecendo sem renovar a mente, a data de aniversário é assim algo que se espera que os amigos que consideramos nos faca a surpresa de nos ligar. Mas fazer o quê, nao é mesmo, homem é assim na maioria. Meu esposo é assim tb, nao lembra nem que naquela semana ele tem aniversário. O da mae, pai e irma, já seria pedir demais. No caso eu, assim como a sua esposa estamos sempre com a mente ativa.

Allan, quis só te zoar com este comentário, kakakkakakaka.

O post ficou ótimo, vc se saiu um Gentlemann.

Bom fim de semana

Elvi said...

Eu também confundo algumas datas de aniversário.
Até hoje não sei se a Rosa (minha amiga desde 14 anos) faz anos em 13 ou 17 de outubro. Todo ano tenho que perguntar para minha irmã e torcer para não ter passado a data certa ...

Elvira

Mirella said...

Vim aqui direcionada pela Meiroca... E adorei o blog. Como sou super ligada em datas especiais, fico feliz de ver como pensam e reagem as pessoas que são "esquecidas", "desligadas" ou como seja... minha cunhada é igualzinho ehehehe... morro de rir.
Mas enfim, vim aqui te convidar a participar de uma entrevista.
Criamos um novo blog chamado "Entrevistando Expatriado" http://expatriados.wordpress.com/
e achamos que sua experiência na Italia pode contribuir bastante...
Pensa com carinho e entre em contato (mikix10@gmail.com)
Se topar, depois eu mando as perguntas :0)
[]s

denise said...

Ih, Allan, eu também nunca sei quando é o aniversário de minha mãe. Todo ano eu pergunto a ela, se é no dia 23 ou 25 de abril. Impressionante! Queria entender por que isto acontece. Acho que é porque dia de mãe é todo santo dia, he he.
Ótimo fim de semana!
abraço, garoto

luma said...

Eu não esqueço o meu aniversário, mas de resto sou como você. Não lembro de datas importantes e isso é frustrante, a partir do momento que as pessoas lhe cobram atenção.
Antes eu tinha a tia Maria, que me lembrava todas as datas e por brincadeira do destino, ela morreu desmemoriada. Não quero ter o mesmo destino dela.
Às vezes tenho lapsos e já aconteceu, aqui mesmo na blogosfera; de dar os parabéns para alguém e a pessoa ir no blogue dizer que ainda faltava um mês para o niver. Foi, digamos um pré-aniversário.
Gostei do seu redimi!
Beijus,

Claudio Costa said...

Pior do que a gente se esquecer do aniversário de alguém é 'o esquecido' não perdoar esquecimento... Aliquando dormitat Homerus, Allan.

Meire said...

Allan!
Confessa!
Vc fez este post pensando em mim nao è memso?
Eu aceito os parabens adiantados...meu aniversario é domingo...rs:)
Bjs

Denise Arcoverde said...

Lindo nome o da sua namoradinha de cachinhos dourados :-)

Meire said...

Allan,

Vim fazer um convite.

Convocamos portanto, todas as mulheres, seja ela mae ou profissional,
escrava da jornada tripla, escravas da balanca e da ditadura da beleza,
convocamos tambem os varios homens que atuam de maneira brilhante lado a
lado a nos mulheres como pais de nossos filhos e companheiros de luta
diaria para uma vida melhor, convocamos todos nossos filhos e netos a
gritar bem alto que dia 8 de Maio de 2008 eh o dia da Valorizaçao

Mulher Brasileira ! Aquela mulher cuja imagem eh manchada e massacrada
por todos os lados. Aquela mulher que sofre todos os dias apenas por ter
nascido do sexo feminino e em um pais aonde mulher eh tratada como
mercadoria nacional.

Precisamos lutar por respeito e para isso precisamos nos dar ao respeito! Precisamos ser valorizadas e para isso teremos que gritar bem alto
para tentar mudar a imagem infeliz que o Brasil, e nos brasileiros,
vendemos das mulheres brasileiras!

Participe e Divulgue em seu Blog!

http://meiroca.com/2008/02/05/pela-vlorizacao-da-mulher-brasileira/

Meire

Georgia said...

Ainda sambando???

Inté

daiza said...

Tá se preparando pro carnaval? aqui, começa sabado e termina domingo. já preparei a minha fantasia de ursa polar: tá um vento gélido! Ah, antes que me esqueça, feliz aniversário (sacomé não quero parecer distraída logo contigo)

luma said...

Estou pensando se não queria nos confundir. Era seu aniversário? Beijus

Sandra said...

Essas datas são tão complicadas... Mas o importante é que vc lembra deles.

Beios

Diego said...

Allan, obrigado. Eu até já tinha lido antes, na ocasião de vc ter postado.

Também sou assim: levei muitos e muitos anos pra saber se meu pai fazia aniversário em junho ou julho.

Abraço