Thursday, January 05, 2006

Focaccia 1 x 0 Big Mac

Caros e Caras,
Paz e saúde!

Essa é uma daquelas notícias que não saem no jornal.

Altamura fica na Puglia, Sul da Itália. Como qualquer outra pequena cidade italiana de 70 mil habitantes é orgulhosa das próprias tradições. Foi lá que em 2001 a potente McDonald’s fincou mais um dos enormes “M”, como sinal de modernidade e dos novos tempos de globalização.

Hoje, Altamura é conhecida pelos executivos da McDonald’s como “Vietnam do hamburguer”. Tudo por causa de um padeiro local, um certo Luca Di Gesù, que decidiu abrir seu negócio exatamente ao lado da loja do gigante americano. A concorrência leal foi a única arma utilizada pelo jovem padeiro, além das deliciosas focaccias produzidas com carinho e produtos regionais.

O pobre Ronald bem que tentou: promoções, festas patrocinadas, divulgação maciça, descontos, substituição da gerência local. Tudo em vão. Nem mesmo os aposentados que costumavam freqüentar o local nos dias quentes de verão para aproveitarem o ar-condicionado permaneceram. A loja de Luca, ao contrário, faz tanto sucesso que os clientes utilizavam as mesas do McDonald’s enquanto consumiam os produtos do concorrente pugliese. Utilizavam, no passado. Numa noite do início do inverno, desmontaram o totem luminoso e levaram embora com o resto do material da loja. Em bom português: fugiram com o rabo entre as pernas!

Uma associação local que luta pela manutenção de uma gastronomia típica já está pensando em expandir-se pelo mundo. Assim nascem os McDonald’s.

Ciao.

12 comments:

Mineiras, Uai! said...

hahahahha É mesmo, Allan! Bem pensado...
Hummmm, mas bem q me deu água na boca com essas focaccias.... :P
(Odeio MC' Donalds!)
Aqui em BH surgiu uma lanchonete especializada em burguers tb, há uns 3 anos, o Eddie Fine Burguers. Não sei se existe no exterior, ou em outros estados do BR (q eu saiba, não). Mas é muito muito bom, pra quem gosta deste alimento típico americano, né? E haja estômago tb pra caber tanto pão, tanta carne!
No mais, excelente 2006 pra vc e suas meninas!
Beijo
Ana Letícia
http://mineirasuai.blogspot.com

Manoel Carlos said...

No seu último parágrafo, todo o senso crítico e a perspicácia que eu gostaria de ter pra comentar a notícia.

Flavio Prada said...

Que bela notícia! Consumidor consciente não come onde tem aquela M. Aqui em Trento o M ainda não fechou mas não entusiasma tanto quanto em outros lugares. As vezes a loja é apedrejada ou toma um banho de tinta de algum mais radical. Mas essa idéia de abrir um local típico do lado não é nada má.

D. Afonso XX, o Chato said...

Pelo menos api fazem alguma coisa. Aqui? Nem pensar! abração

Lucia Malla said...

Concordo com o Manoel: o ultimo paragrafo eh perfeito, Allan!!

I said...

Pois aqui em Lisboa, há M's por tudo quanto é sítio! O cheiro a banha frita que paira no ar e atravessa a porta , indicando ao transeunte mais desatento que ali está mais uma catedral do hamburguer, não afasta os que , aos milhares, aderem a estas refeições rápidas e baratas. O McDonalds é o simbolo da facilidade com que acedemos aos alimentos na nossa civilização, independentemente dos julgamentos que façamos quanto à sua qualidade.
Aqui em Portugal, porque adoramos sopas de legumes (somos os maiores consumidores europeus de sopa de legumes), o McDonalds costumizou a sua oferta ao gosto nacional e agora tem diariamente sopa.
Infelizmente por aqui não abundam pessoas com iniciativa e espirito de aventura, pois com a nossa riqueza gastronómica seria fácil agir como o Luca(?).


nota:sou "suspeita" pq, na minha juventude acompanhei a carreira deles, desde 1974 e "adorava-os".

maray said...

Discordo, Allan! Você parte do princípio de que o MacDonalds algum dia foi bom, quando um americano empreendedor e sua mãe/vó/mulher decidiram abrir uma casa pequenina com os hamburgueres que faziam e deu no que deu. Eu acho que aquela gororoba nunca foi boa! Embora eu seja muito grata ao MacDonalds Taboão, no qual eu ocupo as mesas quando vou de ônibus para o Sul, apesar do olhar feio dos garçons...É uma boa rodoviária pra mim, que já moro ao pé da estrada!

Roberta de Felippe said...

Ah, pois é... Mas o Mc Donalds já foi um lugarzinho aconchegante com comidinhas menos ruins. E mais nutritivas. Quanto ao "putz grila" acho que nem eu lia, escrevia ou falava isso há tempos, hahaha. Mas aquilo lá é um diário, coisa boba, nada de muito literário, etc. Ou seja, só vai ter baboseira mesmo. Por outro lado, você visitou o Alma em Punho? Alguns amigos contribuiram para o especial de ano novo, está bem legal. Tanti baci.

Pantera said...

Pois é fiquei sabendo que lá na grécia acontece a mesma coisa, só que em todas as cidades gregas... Quase nao se ve mc donalds por lá porque ouvi dizer que muitos fecharam as portas por conta da gastronomia local, nao tem como competir com a comida grega, que é uma delícia e ainda tem uma rede de fast food própria da grécia...

Pat said...

Mto bom! Adoro focaccia! Bjo.

Claudio Costa said...

Focaccia... ah! um bellissimo sanduíche com tomate, parma, alfaces, azeite... McDonald's, go home!!!!!

Leila Silva said...

Em todo caso é muito melhor uma foccacia do que um hamburguer.

Beijos
Leila