Wednesday, October 19, 2005

O Que Diria De Gaulle?

Caros e caras,
Paz e saúde!

A lei italiana prevê punição não apenas para quem comercializa substâncias proibidas (drogas), mas também para quem faz uso delas.. Pois bem, dois pontos: o subsecretário italiano de Bens Culturais e do Esporte, Mario Pescante, afirmou que, em caso de doping, não haverão sanções penais aos atletas que participarão aos Jogos Olímpicos de inverno, que começam em pouco mais de cem dias em Turim. O vice primeiro-ministro Gianfranco Fini afirmou ser contrário à trégua olímpica, o que causou a declaração à imprensa de Pescante. O bate-boca iniciou e foi abafado nesta terça, 18 de outubro. Os poucos órgãos de imprensa que noticiaram o fato, o fizeram de forma muito discreta.

E você? De que sabor vai querer sua pizza?

Ciao.

5 comments:

AnaBettaBlue said...

sabor anabolizantes tipo doping, tem? :D
beijo!
PS: recebeste meu email?

Ordisi Raluz said...

Caro Allan, desde o "episódio do vinho" eu estava à cata do seu endereço, que - lógico - estava lá entre os comentários. Li o seu post anterior e, a meu ver, só a questão da segurança já é um IMENSO plus para viver-se aí. Minha opção seria Vancouver, se tivesse que sair do Brasil. Per que? Io no parlo Italiano, hehehe. Abrs.

Anonymous said...

Oi! Como não sei se você lê comentários atrasados, faço o comentário do post anterior: volta não! O Brasil é lindo, maravilhoso, mas vai acabar. A coisa aqui está cada vez pior. Nos grandes centros, violência, nos pequenos, ou provincianismo ou idade média. Decidi pela idade me'dia, porque é a parte boa da idade media. Claro que terei de conviver com cobra cascavel, não terei internet nem telefone fixo, mas terei essa gente fantástica, de coração aberto em volta, pouca violência, descontando urutus e arannhas. E escreva sim, o livro sobre Comme essere italiano ( ou milanês) aí sim, pois você tem a observação crítica e humorística, e os italianos, como nós, gostam de rir de si mesmos .
Angela

Manoel Carlos said...

Por mais que a Itália justifique, creio que De Gaulle ainda citaria o Brasil; infelizmente, cada vez menos digno de ser levado a sério.

Roberta Febran said...

Questa pizza è di stronzo, vero?
Meu amigo, não importa em qual país seja, qualquer situação parecida sempre acaba em pizza.