Sunday, December 02, 2012

Seja positivo, seja positiva



Planos, projetos, sonhos, promessas, resoluções. A realidade é que nos acomodamos muito facilmente. Mudar requer movimento e adaptação. Já reparou quanta gente diz que para obter resultados diferentes é preciso agir de modo diferente, que energias positivas atraem energias positivas tanto quanto as negativas atraem energias negativas, que não devemos deixar-nos influenciar pelas ações negativas das outras pessoas, que devemos focar somente o nosso sucesso e o que realmente é importante? É porque dá resultado.

Quem vive se lamentando leva uma vida amargurada e torna desagradável a vida dos outros. Procure fatos, assuntos e situações positivas para comentar e deixe o negativismo de lado. Fale pouco e escute os outros; a vida é uma troca onde cada um deve ouvir e ninguém tem paciência com logorréicos. Faça uma lista das suas próprias qualidades e do que você gostaria de mudar (em você, na sua vida, nos ambientes que você frequenta) e mude o que depender de você sem esperar pelo amanhã. Não use a vida dos outros como argumento de conversa, procure algo agradável para falar. São algumas regras que todos conhecem e poucos põem em prática.

Os autores de auto ajuda ficam ricos vendendo esses conselhos e ensinando a fazer orações (mantras?) de positivismo. Faça você mesmo seu manual de auto ajuda. Pense nas coisas que você faz bem e lembre-se de como era no início; você vai chegar à conclusão de que a prática é essencial. O mesmo vale quando se quer mudar: é preciso treinar muito e se corrigir. Todos os dias. Fale menos, sorria mais.

Não pare de reclamar apenas para não se tornar um fardo; não pare de reclamar para não ser evitado no local de trabalho; não pare de reclamar somente para não atrair mais energia negativa e ter mais motivos para reclamar. Pare de reclamar se – e somente se – você aprender a não se deixar influenciar pelo que de negativo acontece ao seu redor; se você aprender que é o patrão do próprio destino e que é a sua atitude a determinar como será a sua vida, não importa a sua idade. Nesse caso, parar de reclamar não terá sido apenas a prática diária para uma vida melhor, mas será – principalmente – uma consequência positiva, mas não a única.

Evite pensamentos e palavras de forte carga negativa como “detestar”, “odiar”, “insuportável” ou qualquer outra lhe pareça negativa. Tenha sempre uma lembrança positiva para usar quando algo incomodar, deixe-se levar pelo otimismo. Fale menos, sorria mais. E evite encher os pacová.
.

12 comments:

Thais Miguele said...

<3 Muito amor pra esse post!

Minha vida na Italia... said...

Falou tudo!!! amei..bom final de domingo...grande abraço

Bruxa do 203 said...

Já fui pessimista, mas manter uma maneira positiva de ver as coisas é muito melhor.

Georgia Aegerter said...

É por essas e outras que eu gosto muito de um versículo que tem na Biblia que diz: "Em tudi seja agradecido."

Um comentario no meu blog na semana passada onde ela me escreveu: " Sua vida é um conto de fadas.", me fez respondê-la mais ou menos assim:

Nao, nao é, tenho minhas dificuldades e problemas como todo mundo. Imagina uma carioca viver sem mar, sem sol, sem as amigas para falar besteira como a gente fala com as amigas...amiga alema nao fala besteira.

Mas sabe, resolvi fazer das minhas dificuldades uma boa colcha de retalho e das minhas tristezas, decepcoes e saudades resolvi colorí-las.

Tento o meu melhor, pois esta é a minha vida, a vida que Deus me deu.
Nao tenho faxineira e nem empregada, faco tudo sozinha aqui em casa. Meus dias sao cheios e lotados de coisas, mas nao reclamo de nada. Procuro estar feliz com tud que tenho. Sei que tem muita gente no mundo que tem uma vida infeliz, uns por escolha, pois nao têm coragem de mudar, outras porque o destino assim fez acontecer, nesse caso só nos resta remar.

Boa semana

Muito bom o texto para uma reflexao.

Abracos

Flavia said...

Tá aí gostei, tentando escrever pouco rs.Beijocas

peri s.c. said...

Ah, ah, "encher os pacová", meu pai ( e só ele ) falava isso !

Nennafalchi said...

KKK... Morri de rir!
Adorei o recadinho zen para o chato de plantão. :D

myra said...

ser positiva sempre fui, até chegar aqui....
beijos

Sissym said...

Allan, otimas dicas, bom conselho!

É muito chato estar do lado de pessoas tao "carregadas" e que recusam ajuda. Basta ouvir com vontade. É simples. Lamuriar é um vício.

Beijos

Roseane Viana said...

Muito bom o post, vou recomendar agora mesmo !

Inaie said...

DETESTO auto ajuda... kkkk

nao resisti!!

Debby said...

Allan
disse tudo.
Perfeito.

Debby :)