Wednesday, October 12, 2011

Onde perdemos Tudo - pré-venda

Livro, pra mim, tem que ser de papel. Carregar debaixo do braço, ler no banco da praça fumando um charuto, no sofá da sala, no bar aquecido no Inverno. Cheiro de livro é uma característica reconhecida sem explicações, como a sensação de folhear devagar e sentir a obra chegando perto do fim. Emoções de quem aprendeu a gostar de ler com cartilhas. E é por isso que eu sinto muito não estar em São Paulo no dia 14 de Outubro, ou no Rio, no dia 20 de Outubro, pois essas serão as datas do lançamento do livro de contos “Onde Perdemos Tudo”, do Alex Castro.

Já li e gostei muito. Poderia ter gostado mais, se na época a edição em papel já existisse. Comprei e li o download no pc, sem charuto, sofá, banco da praça ou o burburinho do bar. Copos de vinho me fizeram companhia.

Portanto, se você estiver nesse locais nas datas certas, não deixe passar a oportunidade. E se quiser ter a certeza de adquirir o seu volume, pode aproveitar a pré-venda.

Boa leitura!
.

7 comments:

Thais Miguele said...

Concordo em gênero, numero e grau.

myra said...

concordo com tudo, bem quasi, mas eu tambem adoro o cheiro do livro, e masis se é antigo ou pelo menos velho, e ter o livro na mao é outra coisa que ler no P:C
eu nem posso...
um grande abraço,

XaviereFlo said...

conheci o alex castro pelo seu blog, (dica do mulher de um homem so) e adorei! acompanho seu blog ha um tempao, parabens! abracos

Alex Castro said...

obrigado, lindo. :) compra lá pelo site da editora e eles te entregam e eu faço uma dedicatória bem fofa.

Sissym said...

Allan,

sabe, eu tambem adoro pegar nas minhas mãos um livro, sentar confortavelmente e ler... ler... ler... nao há nada mais delicioso.

a Livraria da Travessa, aqui no Rio de Janeiro, oferece lugares agradaveis dentro de suas lojas onde é possível degustar alguns livros, sem ser incomodados, e decidir pela comprar depois.

Bjs

Inaie said...

e os Ipads entao? Com as I libraries e os I books?

Pra mim, o fimd a piocada e nao poedr emprestar o livro pros amigos.

Li, gostei e nao te empresto. tem coisa mais antipatica?

Bj'

PS to indo pra Italia dia 4. Roma e Veneza, pq as filhas ainda nao conhecem...

ines bachiega said...

Que saudade, amigo!
Ando sumida do meu blog e dos outros, mas hoje voltei. Também gosto do livro de verdade, de pegar, de folhear, de guardar com carinho...só compro livros que eu gosto de verdade...KKK...as vezes leio de alguém e se gosto, aí compro.
E as revistas? Tenho mania de folhear de trás pra frente primeiro e vou parando nos artigos que me interessam...rs
abraço!