Monday, August 11, 2008

Malha Fina

Fui pego pelo pessoal do blog Entrevistando Expatriados.

Vale a pena ler as experiências de diversos brasileiros mundo afora e aproveitar as dicas. Algumas são muito divertidas.

Visite o blog e leia a entrevista.
.
.

13 comments:

evipensieri said...

Oi Allan.

Hoje não vai dar tempo mas vou passar por lá.

Conheço esse blog, que é bem legal.

Bjs.
Elvira

Yvonne said...

Já deixei o meu comentário lá.
Beijocas

denise rangel said...

Li tudo e fiquei imaginando o quanto de saudade tens do Brasil. Mas fiquei apreensiva na parte em que diz: "naõ sei se as meninas voltarão".
Esta deve ser a parte mais difícil, né.
abraço, garoto

Sandra said...

Allan, meu anjo... Casou perguntas oportunas com respostas claras, sinceras, para nos deixar conhecê-los um pouco mais. Sensacional! Amei!!!!

Beijos

Georgia said...

ahahahahahah!!!

Fui eu quem passou o link do seu blog, kakakakkkak, já dei essa entrevista também e agora vou lá te conhecer e depois volto.

Legal que vc topou.


Abracos

Georgia said...

Voltando por aqui...

Állan, kakakkakaka, nem sei se antes eu já falava seu nome assim, acho que nao.

Eu também sinto falta de Paio quando faco feijoada por aqui, típico dos cariocas.

Sua entrevista foi ótima!!! E é assim mesmo, nao podemos mesmo ficar comparando as culturas, temos mesmo é que nos encaixarmos nela. Eu adoraria viver na Itália, Espanha, em países mais quentes e com praia, mas vivemos numa parte da Alemanha sem praia e eu tive que me acostumar e nao pensar mais na praia na Barra, no surfe, essas coisas. Devo confessar que estou há mais tempo por aqui, 15 anos nao é brincadeira. Por isso, quando saímos de férias para o MAR, como vc mesmo diz que para nós cariocas ter MAR nas férias é fundamental, e isso é verdade, eu aproveito cada minuto com ele.

Que bom que você arregacou às mangas e entrou logo no eixo, até porque com 2 filhas vc precisava mesmo logo se adaptar e a dizer porque estava ai neste país.

Voltar para o Brasil, isso nem me passa pela cabeca. E vistas somente a cada 4 anos, pois voar com 4 nao é mole nao.

Te desejo sucesso e que vc junto a sua família continuem felizes.

Abracos

Roseane, said...

Eu acho que já li essa carta há tempo atrás, mas não lembrava mais. Estive lá no expatriados e vim conferir o blog. ótima entrevista, parabéns! Bom final de semana!!!

anamaria said...

desde que descobri seu blog fui no primeiro post de 2004 e venho lendo cronologicamente desde então. Suas crônicas são muito interessantes. Fui no entrevistando-expatriados com a curiosidade de conhecer um pouco de vc e da sua familia. Parabens pela coragem de começar nova vida aos 36 anos e com filhos pequenos. Bacana. Abçs.

Leila Silva said...

Vou lá ler a entrevista...
abraços
Leila

Anonymous said...

Almoçarei agora. Logo após, farei uma visita a este blog com a entrevista, que você indica......Carlos Medeiros.....http://grandeonda.blogspot.com

Leila Silva said...

Li a entrevista e gostei muito de conhecer o seu percurso. Algumas coisas eu já sabia pelo blog, outras nem imaginava, como por exemplo a história do restaurante.
Que bom que tudo deu certo no final.
Sabe que sua entrevista me fez pensar na minha própria história. Acho que este site me convidou uma vez, mas eu já não estava mais na Europa.

Abraços

Dentro da Bota said...

Depois passo la...
Afff...
Faz um tempo que a guria me mandou o questionario... e ainda nao terminei.... ainda vou conseguir um tempinho...heheh!!!!

Abraços...
Gi, Roma

Isis said...

estou passando lá